Alívio de Tensão
. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . .

O Alívio de Tensão por Vibração é um processo industrial geralmente utilizado para garantir a estabilidade dimensional e prevenção de trincas de uma estrutura metálica. O alívio de tensão por vibração é comumente utilizado após o processo de soldagem e antes da usinagem.  

Considerado como um eficaz substituto do processo térmico, o processo de alívio de tensão por vibração utiliza o fenômeno da ressonância para induzir na peça obra ondas mecânicas de baixa frequência e elevada amplitude, as quais resolvem de forma eficaz, tensões residuais geradas por soldagem, fundição e usinagem. 

Os componentes metálicos que apresentam elevados níveis de tensão residual também têm maior rigidez (ou em outras palavras, perdem sua capacidade de amortecimento). Em termos de vibração, esta característica suprime a amplitude dos picos de ressonância.

Um alívio de tensão por vibração bem-sucedido remove gradualmente essa maior rigidez, permitindo que os picos cresçam para amplitudes maiores, tendendo para uma estabilização. Muitas vezes, esse crescimento de pico é acompanhado por deslocamento, tipicamente na direção da frequência mais baixa. A mudança para maiores frequências também pode ocorrer. Essa alteração para frequências maiores muitas vezes é uma indicação de mudança na forma da peça.

A LUFER oferece para o mercado serviços de Alívio de Tensão por Vibração, o quais podem ser realizados nas dependências do cliente ou em nossa fábrica. Também somos revendedores dos equipamentos de alívio de tensão por vibração. Representamos a empresa americana Advanced VSR (www.advancedvsr.com), considerada como a mais importante empresa nesta área de atuação. 

Vantagens do processo:

Evita o gasto com fretes, uma vez que a peça pode ser trabalhada nas dependências do cliente. 

Ecologicamente correto, não gera nenhum tipo de agressão ambiental.

Custo reduzido quando comparado com o Tratamento Térmico por manta ou em fornos elétricos.

Permite um controle simultâneo das peças produzidas. É possível observar, por exemplo, a ocorrência de uma soldagem deficiente ou fragilizada.

Versatilidade: um processo de alívio pode ser feito em apenas 30 minutos. Após isso, a peça já está liberada para a etapa seguinte.

Evita a perda de propriedades físicas causadas pelo tratamento térmico. Algumas categorias de aços (HARDOX ©, por exemplo) terão suas propriedades físicas alteradas se aquecidos.

Medição indireta dos resultados de redução de tensão residual.